Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Você Universo

Todos em algum momento da vida acabam se questionado sobre o propósito da existência.

Impossível não olhar para esse universo e ao menos uma vez na vida não questionar sobre o nosso lugar nessa imensidão.

E se nos concentrarmos um pouquinho nessas observações, talvez cheguemos a conclusão de que somos também um universo. Cada indivíduo é um universo cheio de recursos e mistérios.

Sabemos muito pouco sobre nossa própria existência e nosso potencial.

Muitas vezes até nos surpreendemos com capacidades reveladas em situações limites.

Temos tantos “poderes” em estado latente, inexplorados.

Vivemos amarrados a crenças impostas por quem nos conhece melhor que nós mesmos, e por isso nos temem.

Nos cercam de mentiras confortáveis e falsas liberdades.

Viver nessa ilusão é de certa forma uma escolha. Uma vez que, mesmo para os que são enganados pelas mentiras alheias, há sempre uma brecha. Algumas vezes existe até uma enorme porta escancarada, mostrando a verdade por trás das palavras, mas é preciso escolher atravessá-la. Sair do papel de vítima e assumir o protagonismo, lidar com as próprias falhas e descobrir o imenso arsenal de ferramentas para abrir o seu próprio caminho.

“Conhecereis a verdade, e ela vos libertará. “ Eis o mapa para o maior tesouro da existência.

A liberdade é para os corajosos. Os que tem a ousadia e coragem de arcar com os riscos que a busca pelo conhecimento trazem.

Não é à toa que vivemos em um mundo que idolatra todo tipo de ilusão. O produto mais consumido é a distração.

A sociedade hoje vive sob torpor diuturnamente.

Quem são os senhores do “ópio” que tentam nos manter dormentes?

Tens coragem de assumir a empreitada de rasgar esse véu? Assumir seu próprio destino? Fazer sua próprias escolhas?

Só busca a liberdade quem tem consciência da própria prisão.

Sim, somos universos inseridos e conectados a milhares de outros universos. As possibilidades são infinitas.

Teremos todas as respostas se soubermos fazer as perguntas.

Há que se mergulhar profundo, não há nada na superfície.

Há que se ter coragem.

O caminho poderá ter mais espinhos do que flores, pois a finalidade é te fazer desistir.

O “paraíso” está tão próximo e tão longe.

O mergulho é para dentro. E não há como prever quantos abismos teremos que enfrentar até que possamos desfrutar da beleza e da plenitude da infinita galáxia da nossa alma, nossa verdadeira essência.

Coragem, feche os olhos e mergulhe no teu universo, único e tão magnificamente particular.

#pracegover #pratodosverem imagem do torso de um homem, vestindo uma camisa cinza, segurando com as mãos o centro da mesma, abrindo-a e deixando à mostra uma galáxia em seu interior.


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Chama