Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Tropeços

Ah, os tropeços!

O que é um tropeço?

Algumas vezes algo que nos leva ao chão, noutras nos impulsiona para frente.

Em certas quedas os ferimentos são graves e profundos, nos fazem chorar de dor e ficar prostrados por algum tempo.

Há casos, porém, que causam apenas leves arranhões, o que nos permite levantar, limpar a poeira e seguir adiante.

E de tropeço em tropeço, vamos construindo nossa trajetória.

São eles a maior fonte de aprendizado.

Se aproveitarmos cada uma dessas oportunidades, com o tempo, as feridas serão curadas mais rapidamente.

Raramente ouvem-se histórias de vidas perfeitas, retilíneas, sem quedas nem sofrimento.

Nossa força se constrói através de nossos altos e baixos, acertos e erros.

Constantemente nos julgamos e condenamos pelos erros e más escolhas, nos sentimos fracos e derrotados.

Não, isso não é fraqueza. É crescimento.

Um vencedor, não conquista o apogeu somente com vitórias. O melhor treinamento, o maior desenvolvimento, é construído através da observação e estudo dos erros cometidos nos momentos de derrota. E a persistência é o que o torna um campeão.

Nossos tropeços, mesmo aqueles que nos derrubam, sempre nos colocam um passo adiante.

E isso me leva a refletir, o quanto julgamos certas pessoas e acontecimentos, desconhecendo totalmente a trajetória, as quedas, feridas e cicatrizes que cada um deles carrega.

Infelizmente, alguns amaldiçoam esse aprendizado e se tornam pessoas amarguradas. Enquanto outros carregam suas cicatrizes com amor, como uma marca a lhes lembrar que são capazes de superar seus tombos e se reerguer mais fortes.

Esse é um processo individual, o aproveitamento das lições também é uma escolha.

E cada vez que respeitamos as escolhas alheias, sem julgamento, crítica ou rejeição, estamos eliminando um pouquinho de nossas sombras. Estamos começando a entender o que é o amor.

A cada sombra vencida, mais luz a nos preencher.

Amar o que nos é semelhante é simples, acolher o que se opõe a nós é trabalhoso.

É um trabalho que pode levar uma vida inteira, mas será a maior conquista de todas. É o “fechar com chave de ouro”.

Esse é o caminho para a tão sonhada paz e consequente felicidade.

E até lá, que possamos honrar nossos equívocos, abençoando as lições para nossa evolução.

E se um dia conseguirmos sentir ressoar no coração o amor incondicional, será porque…a Luz Venceu em Nós!

#pracegover #pratodosverem ilustração de uma silhueta feminina dourada, onde uma mulher de cabelos longos, tem as mãos postas em oração diante do peito e a cabeça levemente inclinada para baixo. Ao seu redor há um círculo dourado. Ao fundo a imagem da galáxia multicolorida e vários planetas.


18 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Solte