Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Questione

Quando, diante dos meus questionamentos, me deparo com pessoas que atacam o livre pensar, com argumentos como: “as coisas sempre foram assim, ninguém nunca perguntou ou quis saber, porque isso agora?

Eu faço a seguinte reflexão: se convivemos por muitos anos ao lado de uma pessoa, que admiramos e confiamos, e em um dado momento descobrimos que estávamos enganados. Que essa pessoa sempre mentiu, nos enganou e traiu. O que devemos fazer? Permanecer ao lado dessa pessoa porque sempre foi assim ou assumir que nos deixamos enganar e tomar atitudes para mudar isso?

Acredito que estamos aqui para evoluir. Dúvidas e questionamentos sempre foram a mola propulsora para os avanços da humanidade.

Água parada apodrece, não permite que nenhum tipo de vida sobreviva ali. É a zona de conforto, onde nada cresce, nada prospera.

Enfrentar os desafios, superar os obstáculos para permitir o fluxo é trabalhoso, muitas vezes doloroso e cansativo, mas é o que nos traz crescimento e prosperidade.

Enfrentar o desconhecido, uma nova realidade que se descortina é assustador.

Assumir que não temos certeza de absolutamente nada o tempo todo, e que justamente por isso podemos mudar ou ter uma nova percepção sobre o que acreditávamos ser verdade.

O mundo gira e os véus se dissolvem constantemente. A roda da vida não para um só minuto, e as descobertas estão sempre a um passo de nós.

Basta que avancemos e estejamos abertos a explorar o desconhecido, vencendo nossos medos e inseguranças.

A dúvida sempre nos impulsiona a buscarmos as respostas que nos assaltam a cada minuto.

Questionar é fundamental e necessário para quem busca o autoconhecimento e algum propósito nessa vida.

Questione! Questione! Há muito a ser desvendado! Mantenha os olhos abertos e a mente inquieta, não desperdice um só segundo, temos um mundo de inimagináveis segredos a descobrir. Embarque nessa viagem e desfrute dessa estrada rumo à liberdade. Esse é o caminho que nos leva a encontrar a paz em meio à tempestade.

#pracegover #pratodosverem Ilustração de um ponto de interrogação branco pintado sobre duas faixas amarelas no centro de uma estrada. Nas laterais vegetação rasteira e ao fundo a vista de uma região montanhosa e um céu com muitas nuvens.


22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo