Buscar
  • Claudia Vilas Boas

O Ser Grato

Se há uma expressão que foi banalizada atualmente é a tal da "gratidão".

Gratidão difere da expressão obrigado (a). Obrigado" vem do latim "obligare", que significa "responsabilizar", "dever". Por isso, quando alguém nos agradece dessa forma, é como se dissesse “fico devendo uma obrigação”.

Já a gratidão é o desejo genuíno de retribuir à generosidade prestada, ou simplesmente sentir-se agraciado com a colaboração, apoio e carinho ofertados. Mais do que uma palavra, é um sentimento.

Para alguns a palavra gratidão, repetida constantemente, é bem pouco vivenciada verdadeiramente. Fala-se “da boca para fora”.

Quando a gratidão é verdadeira ela é sentida, e por isso está muito além da palavra expressa.

Quantas pessoas a pronunciam diante de alguém, mas o sentimento é o oposto, até mesmo totalmente falso.

E mais ainda, a gratidão pode e deve ser uma atitude, um estado de consciência, que traz consigo a sensação de plenitude e de paz.

Uma pessoa genuinamente grata, olha para cada momento de sua vida como uma dádiva. E já aprendeu que essa “conduta” e esse “sentir” são poderosos e transformadores.

É alguém que traz dentro de si as próprias certezas e sabe que não precisa de aprovação alheia e, muito menos, perde tempo com discussões inúteis e improdutivas.

Ela também aprendeu a agradecer em vez de pedir. E descobriu que essa é a forma mais eficaz de ter suas preces ouvidas e atendidas. De ver seus desejos concretizados.

Nossos pensamentos, agregados ao sentimento são forças criadoras.

Embora não possamos controlá-los o tempo todo, e constantemente, nos deixemos cair nas ciladas do nosso ego, esse é um hábito que vale a pena ser cultivado.

Um pouquinho a cada dia.

Um bom exercício é pensar em pelo menos três coisas pelas quais somos realmente gratos, ao final do dia.

Com o tempo perceberemos que essa lista vai aumentando exponencialmente.

Quer um exemplo? O simples fato de acordar, abrir os olhos, enxergar e respirar . Três coisas às quais não damos valor, por estarmos sempre no piloto automático.

Te convido a experimentar essa sensação!

A tentar passinho por passinho, se tornar um ser grato, genuinamente.

Agradecer expressando o sentimento mais puro do coração. Tanto às pessoas, como aos momentos e oportunidades.

Tenha em mente que o presente é realmente uma dádiva, mesmo que não consigamos perceber isso de imediato.

Chico Xavier dizia que “nenhuma prece feita com sinceridade fica sem resposta”.

E a gratidão é uma das mais lindas preces!

E a você que chegou até aqui, minha sincera gratidão, por receber um pouquinho dessas reflexões, que voam em textos, que brotam do coração.

#pracegover ilustração de uma garota de cabelos azuis, descalça, usando um vestido em tons de rosa e lilás, tendo sobre suas mão um coração vermelho com asas douradas. Ao seu redor circulam pontos de luz multicoloridos, sobre fundo preto.


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços