Buscar
  • Claudia Vilas Boas

O nosso paraíso é particular

Outro dia ouvindo uma entrevista com um cantor, me surpreendi com as respostas de um jovem com tamanha maturidade emocional.

O entrevistador perguntou o que ele fazia nas horas de folga. Ele respondeu que quando não estava no estúdio gravando e trabalhando, na maioria das vezes ia para o estúdio para estudar e compor. Para criar. Uma vez que o trabalho dele é também o maior prazer da vida dele. O objetivo de vida. A música é para ele como um alimento, como o próprio ar.

Mas, o entrevistador insistiu em saber o que ele fazia como lazer. Ele respondeu que em suas férias nunca foi para praias ou lugares paradisíacos. Pois, o lugar onde ele se sentia em paz e feliz, era nos braços do avô e no colo da avó, que o criaram e proporcionaram a possibilidade de realizar os projetos traçados, os sonhos tão almejamos desde a infância. Era para lado da família, pais, irmãos e amigos que ele corria após o trabalho. Onde ele recebia tudo o que ele precisava na vida.

Algumas pessoas com certeza não entendem esse tipo de comportamento. Com certeza questionam o porquê de alguém que pode conhecer qualquer lugar do mundo se contenta com tão pouco. Que se tivessem oportunidade de escolher qualquer lugar, em casa é que não ficariam.

Eu fiquei tão encantada com as declarações tão simples e sinceras daquele garoto.

E realmente percebi, que quando não estamos em paz e realizados conosco. Satisfeitos com nosso empenho. Conectados com o que nos rodeia. De que adianta estar no lugar mais lindo do mundo? Talvez nem tenhamos condições de apreciar verdadeiramente a beleza que nos cerca.

Muitas pessoas hoje em dia tem uma necessidade de sair de onde estão, mas como fuga. E sofrem quando isso não é possível.

Anseiam tanto pelo período de férias, pela viagem dos sonhos e com isso deixam de viver os pequenos prazeres e presentes diários.

Nenhum dia pode ser mais importante do que o dia de hoje...mais do que isso, do que o momento atual, o agora.

Os sonhos acontecem a cada minuto, todo passo é um pedaço da trajetória. Cada respiração é um presente.

Cada pessoa ao nosso redor, ou aquelas que mesmo distantes nos inspiram ou trazem algum tipo de aprendizado, nos ajudam a amadurecer e construir um paraíso, um lugar em que possamos relaxar e sentir a vida de forma plena e feliz. Nosso paraíso particular, que estará dentro de nós. E aí pouco importa o destino escolhido, qualquer lugar será lindo, mesmo que seja a vista da janela de nossa casa.

#pracegover em meio a um oceano azul de águas límpidas, uma ilha em formato de coração.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços