Buscar
  • Claudia Vilas Boas

O egoísta

Atualizado: 15 de Ago de 2019


Quantas promessas você já deixou de cumprir?

O ser humano é realmente interessante, se desdobra para cumprir promessas feitas aos outros, mas na hora de cumprir as promessas feitas a si próprio não honra o prometido.

É capaz de andar quilômetros a pé, subir escadarias de joelhos, acender velas e mais velas, mas incapaz muitas vezes de cumprir coisas simples que promete a si mesmo, como se olhar com mais atenção, tratar-se com mais cuidado, não dizer sim quando a alma está gritando não, não voltar a confiar em quem já mentiu e enganou.

Porque temos tanta dificuldade de olhar para nós mesmos?

Acho que se criou uma confusão entre amor próprio e egoísmo.

Egoísmo faz com que você se coloque a frente e acima de tudo e de todos.

Já o amor próprio te coloca ao lado, te situa de forma mais confortável no mundo ao seu redor.

O egoísmo afasta, o amor próprio aproxima.

Pode parecer bobagem, ou talvez até seja, mas penso que falta ao egoísta uma boa dose de amor próprio.

Porque quanto mais amarmos a nós mesmos, mais capacidade de retribuir amor nós teremos.

Entendo egoísmo de uma forma talvez um pouco diferente. Não vejo o egoísta como uma pessoa que ama somente a si próprio, mas apenas alguém que ignora ou despreza os que o rodeiam. Alguém que desconhece o significado de amor.

Isso deve ser muito triste e solitário. Porque por trás de toda arrogância deve ter alguma ferida aberta que dói e sangra.

Acredito que cada pessoa só consegue oferecer o que tem. E só pode oferecer amor quem o traz dentro de si, e quem conhece tão bem sua essência e importância que não o nega a si próprio.

E é mais triste ainda quando o egoísta é alguém que amamos, alguém do nosso círculo de amizades ou familiar.

Como superar isso? Como ajudar?

Como dizem: “não existe fórmula mágica”. Porém, existe um componente mágico para essa fórmula... “AMOR”

Amor se movimenta de dentro para fora e se multiplica, soma, expande, acolhe, aconchega e aproxima. Amor contagia, quebra barreiras, desperta e envolve.

É tão mágico que até contradiz a matemática, pois quanto mais você o divide mais ele aumenta.

Então eu concluo dizendo que onde houver amor, verdadeiro, não haverá espaço para o egoísmo. São componentes incompatíveis em uma mesma fórmula.

#pracegover imagem de quatro pedras de gelo em formato de coração sobre uma labareda.


20 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços