Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Nossos pequenos

Maternidade e paternidade são umas das melhores experiências da vida! Um amor que não tem explicação! Realmente ama-se incondicionalmente!

Bem, pelo menos para a maioria das pessoas que conheço!

Porém, algumas vezes me surpreendo com comentários ou relatos que escuto. Acreditem, existem pessoas que de forma egoísta trazem filhos ao mundo para servirem aos seus propósitos.

Pessoas que têm filhos apenas para terem quem cuide delas futuramente. Como se fosse uma barganha.

Há também quem pense que trazer uma criança ao mundo será uma forma de forçar relações sem futuro, sem amor.

E pior ainda, pessoas que usam os próprios filhos para chantagens emocionais, como moeda de troca.

Filhos deveriam ser sempre amados e cuidados. É uma missão que traz uma baita responsabilidade. E, que mesmo que existam os percalços e preocupações, são eles que garantem os melhores momentos, os maiores sorrisos, as grandes alegrias.

Maternidade é uma escolha. A gravidez, nem sempre é, mas a maternidade sempre será.

Além do mais, nem toda mulher quer ser mãe, e isso não tem nada de errado. Ninguém deveria se sentir obrigado a nada, por padrões, ou cobranças alheias.

Errado é ter filhos sem ter a consciência da responsabilidade!

Esses pequenos são seres especiais, não são coisas para serem usadas, mas sim pessoinhas para serem amadas.

E é triste ver tantas histórias de pessoas que crescem sem amor, e se tornam adultos inseguros e cheios de problemas, o que muitas vezes gera um ciclo repetitivo de sofrimento, até que alguém decida quebrar essa cadeia.

Alguns pais jogam suas frustrações em cima dos filhos, forçando-os muitas vezes a realizar sonhos que são seus, sem se preocupar em conhecer quais os sonhos deles.

Ninguém é dono de ninguém!

Estamos aqui para nos tornarmos pessoas melhores, e contribuir para que as pessoas à nossa volta também sejam seres melhores.

E com os filhos esse é o maior compromisso, tentar ensiná-los a dar os primeiros passos, com amor e segurança, para que eles possam trilhar seu caminho na vida de forma firme e honesta, com escolhas assertivas e que lhe tragam satisfação, realização e felicidade.

Mesmo que se cometam erros, o que é inevitável e faz parte do aprendizado mútuo, a intenção sempre será de acertar, quando houver a finalidade de construir um futuro com mais qualidade, através pessoas melhores!

É fundamental colocar o amor à frente e como base, e assim, ao final, tudo acabará dando certo!

#pracegover ilustração de uma mulher grávida, de perfil, cabelos longos e loiros, vestido rosa claro, tendo um coração desenhado sobre a barriga,


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços