Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Jardim

Sentada em minha varanda, observava o pequeno milagre que consegui, transformando aquele diminuto espaço em um jardim, com direito a horta e até uma pequena árvore frutífera.

Aquele se tornou um dos meus lugares preferidos da casa, onde passo horas perdida em divagações, leituras, reflexões, meditações e até práticas terapêuticas. Onde adoro contemplar a dança das cores do céu nos finais de tarde e o brilho da lua, logo a seguir.

Em um desses momentos de reflexão, observando aquela variedade de plantinhas, percebi que cada uma ali tinha seu papel, sua finalidade, seu dom.

Algumas nos presenteiam com beleza, outras com aromas, frutos, e praticamente todas têm alguma qualidade terapêutica. Bem como, trazem em si alguma toxidade. Como dizem, a diferença entre o remédio e o veneno está na dose. Também ali, o equilíbrio é fundamental.

Todos os reinos da terra são semelhantes. E similarmente somos nós, os humanos.

Trazemos nossas qualidades e defeitos, nossa luz e sombra.

Cada indivíduo tem potenciais a serem desenvolvidas e dons a serem oferecidos ao mundo. E assim, como as plantas, eles precisam ser cultivados, regados e adubados, para que produzam frutos.

O solo é fértil, precisamos buscar as melhores sementes, o conhecimento.

A rega na medida certa, é decisiva para que haja crescimento e produção de frutos. Eis a parte mais difícil, o equilíbrio entre mente, corpo e espírito, conquistado através de nossas escolhas.

O adubo seria o incentivo, que impulsiona a um crescimento mais rápido. Não é indispensável, mas um reforço sempre bem-vindo. Um elogio ou apoio das pessoas queridas.

Ah! E a poda, muito importante também. Periodicamente haverá necessidade de cortar de nossas vidas o que nos impede o crescimento, bem como fazer uma limpeza nas folhas e galhos secos que sugam nossas energias e travam nosso aprendizado. É um processo que pode ser doloroso, pois envolve hábitos arraigados, pessoas tóxicas e ambientes e situações, aos quais estamos apegados.

Enfim, germinar, brotar, crescer, produzir flores e frutos, exige dedicação e trabalho. Contudo, é algo que vale a pena. Uma vez quedeixa tudo ao redor mais encantador, colorido e perfumado.

Me conta aí, como você tem cuidado do seu jardim secreto e peculiar?



#pracegover ilustração de um rosto de mulher em tons de preto, branco e cinza, tendo no pescoço silhuetas de pinheiros na cor preta e acima da cabeça, como se fossem seus cabelos, folhas e flores nas cores amarelo, rosa, vermelho, laranja e verde. Nas orelhas, flores na cor rosa estão colocadas como se fossem brincos.

45 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços