Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Gratidão

Atualizado: 15 de Ago de 2019

Quando aprendemos a agradecer de verdade por tudo o que nos cerca, pelas pessoas e experiências, que de uma forma ou de outra, física, emocional, espiritual ou intuitivamente sempre nos impulsionaram a acreditar, a ver a vida de forma mais positiva, estamos caminhando na direção da nossa paz interior, da nossa maturidade emocional.

Passamos a ter fé em todos os momentos, a sempre esperar pelo melhor!

Estou ainda aprendendo a ser grata a mim mesma, pois de nada adiantaria tantas oportunidades se eu não soubesse aproveitá-las. Se eu não tivesse uma atitude proativa e tomasse decisões.

Costumamos ser gratos aos outros, mas temos que aprender a praticar a auto gratidão. Gratidão pelas escolhas que fazemos e que sempre nos trazem evoluções.

Quando acertadas nos proporcionam prazer, conhecimento, conquistas, e quando equivocadas nos trazem invariavelmente algum crescimento.

Na maioria das vezes aprendemos mais com nossos erros do que com nossos acertos.

Cada tombo nos torna mais equilibrados e resistentes.

Cada dor pode nos fazer mais empáticos e humanos, desde que saibamos valorizar a experiência vivida e tirar dali o necessário aprendizado e a genuína gratidão pelo crescimento.

Ser grato à nossa vida e ao que temos, não quer dizer que nunca iremos nos aborrecer com nada, que nos tornaremos monges tibetanos com paciência e tranquilidade inabaláveis, mas com certeza os momentos de raiva, decepção e tristeza passam a ter uma duração e dimensão menores.

Aprendemos que erros fazem parte da nossa história e da construção de nós mesmos ao longo da vida. Nos tornamos mais humildes no sentido de admitir nossa falibilidade e assumir nossos enganos. E quando for possível reverter os efeitos deles que o façamos sem arrogância ou orgulho, mas caso sejam irreversíveis que procuremos entender a lição a ser aprendida.

Somos verdadeiramente gratos quando entendemos que nenhum dia, absolutamente nenhum, passa em branco sem algo pelo que agradecer, todo dia tem algo de bom e positivo, e exercitar a gratidão acaba sendo tão natural como o ato de respirar.

E respirar gratidão deixa a vida mais leve e feliz.

Então respire bem fundo e exercite-se.

#pracegover foro de uma mulher de cabelos curtos grisalhos com os braços levantados para cima, rosto voltado para cima, olhos fechados e sorrindo. Ela veste uma camisa vermelha e ao fundo o céu azul límpido.


64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Limões

Distopia

Milagre