Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Eu me agradeço

Tem uma frase que diz que não existe falta de tempo, mas falta de interesse.

E realmente quando algo é muito importante sempre conseguimos dar um jeito.

Contudo, há uma exceção a essa regra, uma pessoa mais que especial que sempre acaba ficando em segundo plano: nós mesmos.

Quanto tempo de seu dia você gasta cuidando de você mesmo?

Quantos necessários nãos você deixa de falar?

E quantas vezes você disse sim gentilmente enquanto sua alma gritava que não podia?

Reconhecemos com facilidade os méritos alheios e não valorizamos os nossos próprios.

Muitas vezes até nos sentimos culpados quando nossa vida está em paz e equilíbrio, enquanto outros passam por dificuldades.

Mas será mesmo que não fizemos por merecer?!

Será que não foram nossas escolhas que nos levaram a esse caminho?

E talvez nem tenhamos percebido a quantidade de obstáculos ultrapassados, porque escolhemos focar na solução e não no problema. Porque tivemos determinação e fé suficientes para contornar todas as barreiras.

Tiramos os olhos do que nos travava o caminho e miramos no desafio e em como vencê-lo.

Isso dá ao sofrimento uma dimensão menor, e em contrapartida alimenta nossa confiança e força.

Muitas pessoas podem nos auxiliar em nossa jornada, mas nada aconteceria sem nossa atitude e determinação.

Sejamos gratos aos que nos acompanham e ajudam em nossa trajetória, e até mesmo aos que a dificultam, pois nos mostram nossa capacidade e resiliência, mas jamais esqueçamos que os personagens principais, sem os quais nada aconteceria, somos nós mesmos.

E aí, já se agradeceu pelas conquistas de hoje?

#pracegover imagem de mãos femininas formando um coração ao redor do umbigo, sobre o qual está uma pequena margarida.



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços