Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Elegância

Quando falamos de elegância, a primeira coisa que nos vem à mente é a imagem de pessoas bem vestidas, bem penteadas, perfumadas. Gente chiquérrima!

Contudo, há outro tipo de elegância que não salta aos olhos.

É elegante quem trata a todos com respeito.

É elegante quem não se comporta com superioridade e arrogância.

É elegante quem sabe ouvir.

É elegante quem sabe discordar sem agredir.

É elegante quem age com honestidade e verdade.

É elegante quem é paciente e tolerante.

É elegante quem demonstra interesse.

É elegante quem sabe criticar sem ofender.

É elegante quem evita julgar sem conhecer.

É elegante quem entende que não sabe o suficiente e portanto, nunca para de buscar aprimorar seu conhecimento e ampliar sua visão a respeito do mundo que o cerca.

É elegante quem reconhece o momento de falar e de calar.

É elegante quem valoriza mais o ser do que o ter.

É elegante quem evita conflitos desnecessários.

É elegante quem sabe partilhar.

É elegante quem melhora o dia das pessoas e os ambientes por onde passa.

Ter caráter e bondade é o suprassumo da elegância.

Enfim, elegância está muito além do que se coloca sobre a pele, mas sim sob ela, muitas e muitas camadas abaixo e adentro.

Elegância mesmo, de verdade, mais do que ser vista, tem que ser sentida.

#pracegover imagem da silhueta de uma mulher toda dourada, sobre um fundo preto, cujo vestido é formado por pontos de luz, deixando um rastro luminoso pelo caminho.


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mensagem

© 2018 by Textos Soltos.

Proudly created with Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now