Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Dieta

E chegou o tão esperado verão, e com ele as inúmeras dietas.

Dieta de jejum intermitente, dieta sem glúten, dieta low carb, dieta da lua, dieta do biquíni branco, dieta dos 22 dias.

Ah meu Deus, precisamos caber no biquíni, no vestido, no shortinho, na calça que não quer fechar.

E a gente pode até conseguir, mas a que preço?

Um dia almoçando com uma amiga, ela falava de alimentos que não comia porque engodavam ou faziam mal. Que não deveríamos comer nunca. Que precisava seguir à risca a dieta.

Eu disse a ela, que todo e qualquer excesso é realmente nocivo. Em qualquer setor da nossa vida precisamos agir com parcimônia e equilíbrio. Mas, o que a gente não pode mesmo é deixar de ser feliz. De se permitir alguns prazeres.

E eu comentei que estava seguindo umas outras dietas aí, maravilhosas. Que estavam muito na moda. Lógico que ela se interessou e quis logo saber quais eram.

Bem, na verdade são várias: dieta low culpa, dieta do descanso intermitente, dieta do biquíni confortável, dieta da lagartixa ao sol, dieta da lua num boteco à beira mar, dieta dos 365 dias de amor próprio. Os resultados são sensacionais: felicidade, paz, serenidade. Os olhos brilham, a pele e o cabelo também.

E a barriguinha? Ah, essa to malhando bastante, rindo até ela doer muito.

Estou precisando urgente caber no meu próprio corpo, usar a minha própria pele.

Batata frita e cerveja engordam? Engordam sim. Mas, se acompanhadas de amigos, um bom papo e boas risadas, fica tudo equilibrado.

Uma pizza e algumas taças de vinho, planejando aquela viagem dos sonhos, traz resultados imediatos, sorriso radiante, corpo leve e disposição de sobra. Afinal, existe melhor exercício do que levantar brindes aos sucessos e projetos realizados?

Exercitar-se é bom e necessário, mas que tal fazer aquela caminhada em boa companhia, falando sobre a vida ou somente jogando conversa fora? Trocar o whatsapp, por um papinho ao vivo?

É necessário cuidar do corpo, mas, sem esquecer da alma. Sem se punir pelos pequenos deslizes. E entender que cada um conhece suas necessidades e limites. Cada dieta é individual, pois nossas prioridades são muito particulares. Sentir-se bem consigo mesmo é a forma mais saudável de se viver.

#pracegover foto de um prato preto com olhos e sorriso formados por ervilhas, sobre uma placa de madeira.



39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços