Buscar
  • Claudia Vilas Boas

Coerência

A palavra coerência tem origem no latim “cohaerentia”, que se traduz em coesão e conexão.

Harmonia entre ações, fatos ou ideias.

Coerência e verdade andam de mãos dadas. Uma pessoa não consegue ser coerente se não for verdadeira.

Palavras e atos devem ter correspondência.

Infelizmente vivemos uma época em que impera o que considero o oposto à coerência...a hipocrisia.

Tantas pessoas mostrando uma face que não corresponde ao que verdadeiramente são.

Palavras e discursos meticulosamente estudados e ensaiados mirando alvos predeterminados.

Pura manipulação.

E o pior é que, o que é maquiado, disfarçado e dissimulado ganha destaque e atenção.

Porém, quando se despem de tudo isso, o que realmente sobra?

Cada pessoa tem o direito de ter suas próprias crenças, princípios e valores, sem ser julgado por isso.

Independente de concordarmos ou não, uma pessoa que vive o que fala, merece respeito.

Contudo, muitos vendem o que têm de mais valioso, em troca de fama, sucesso, dinheiro e poder.

Traem a pessoa mais importante de suas vidas, aquela que mereceria somente a verdade. Mentem para si próprios. E o preço a pagar é alto demais.

Tem uma frase atribuída a Abraham Lincoln que diz o seguinte:

“Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo.”

E por quanto tempo se consegue enganar a si mesmo? Negar sua própria natureza? Vale mesmo a pena barganhar sua essência em troca de ganhos efêmeros?

Pois eu acho que não há sensação melhor do que sentir-se em paz e feliz, de cara lavada, vestindo confortavelmente a própria pele.

#pracegover ilustração do busto de Abraham Lincoln formado por linhas e formas geométricas multicolotidas.


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Limões

Distopia

Milagre