Buscar
  • Claudia Vilas Boas

SOS

Alguma vez você já se sentiu completa e absolutamente desconectado do mundo que te cerca?

Eu, particularmente, tenho me sentido assim ultimamente.

Olho ao redor e muitas vezes fico perplexa com o caos que as pessoas andam causando, agindo com intolerância e uma hipocrisia vergonhosa.

Pessoas rasas que tratam tudo com superficialidade, mas que se sentem especialistas renomados.

Do alto de sua imensa arrogância, pseudo-eruditos, de notável saber adquirido através de meia dúzia de cliques e pesquisas rápidas, arrotam uma sabedoria que não possuem.

O livre pensar tornou-se quase uma afronta! Ou você segue a maioria ou será marginalizado.

Nada pode ser questionado, principalmente se passou no noticiário da TV.

Estudar, informar-se, ou pelo menos observar o que acontece ao redor, checar fatos, buscar a fonte original, passou a ser considerado perda de tempo.

Afinal, para que gastar horas em pesquisas e leituras? Tem quem entregue tudo resumido e "devidamente" editado. Se o conteúdo tem algumas distorções ou inverdades, é um mero detalhe. O que importa mesmo, é que sobrará tempo para coisas mais “significativas”, como “dancinhas” e imitações, disponíveis em certos aplicativos. Parece que o propósito da vida é apenas distração.

E de distração em distração, a liberdade de ser um indivíduo, com pensamentos e escolhas, vai sendo perdida.

Valores, conquistas e opiniões pessoais podem causar um verdadeiro ataque tóxico,pois há sempre os que se julgam donos da verdade e aptos a condenar a tudo e a todos que os contrariem.

Originalidade é coisa do passado. A ordem agora é copiar as subcelebridades nonsense que surgem a cada minuto, diariamente.

Observar, processar e concluir usando o próprio cérebro é subversivo.

Psiu, cuidado: pense mas não conte a ninguém, pois existe uma patrulha pronta a atacar quem ouse questionar.

Sinceramente, às vezes acho que não sou desse planeta.

Eu ainda não perdi a fé na humanidade, mas confesso que muitas vezes me pego olhando para esse céu imenso e lindo, pensando em quanta vida mais inteligente deve existir por aí.

Tempos insanos.

Dizem que todo caos precede à ordem. Essa é minha esperança.

Que essa loucura sirva para despertar os que dormem.

Pois, muitos de nós estamos no limite, quase fazendo as malas e gritando como o Maluco Beleza:

“Oh! Oh! Seu Moço!

Do Disco Voador

Me leve com você

Pra onde você for

Oh! Oh! Seu moço!

Mas não me deixe aqui

Enquanto eu sei que tem

Tanta estrela por aí”. (SOS- Raul Seixas)

#pracegover ilustração de um disco voador na cor rosa, com luzes ao seu redor e cúpula em tom fumê, irradiando uma luz lilás dentro da qual está sendo abduzida uma garota, de ponta cabeça, vestindo calça e camisa em tons de rosa. Ao fundo um céu estrelado.


36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tropeços